Neutralidade de Rede e Sponsored Data afetam (e muito!) a Publicidade

março 26th, 2014 § 0 comments § permalink

O Marco Civil foi aprovado na Câmara, muitos comemoram e outros nem tanto.

Por um lado é importante regulamentarmos a internet no Brasil, porém a atenção é dobrada quando abrem brechas para que o governo e especialmente a nossa presidente, que anda sendo espionada nas internets, tenham total autonomia para manipular a legislação do Marco Civil quando bem entender. Mas isso é assunto para outro post.

A Neutralidade de Rede é o ponto do Marco Civil que mais preocupa as empresas de telecomunicação e, em consequência, o mercado publicitário.

Resumidamente, Neutralidade de Rede regulamenta a igualdade de tráfego não discriminando o conteúdo ou o serviço, ou seja, sem a Neutralidade de Rede as empresas poderiam (hipoteticamente) vender pacotes dessa maneira:

Parece surreal, mas algo parecido já acontece no Brasil e em outros países! Algumas operadoras móveis oferecem acesso gratuito às redes sociais e, recentemente, o Bradesco autorizou que seus clientes pudessem fazer transações bancárias pela internet sem gastar seus planos de dados.

Corporações internacionais oferecem acesso gratuito a determinados serviços e esse fenômeno é chamado de SPONSORED DATA, que nada mais é que um acordo entre empresas e anunciantes para pagar pela transferência de dados de seus clientes. A respectiva prática já virou polêmica nos Estados Unidos com a AT&T. Parece vantajoso para o usuário, mas também quebra a concorrência porque é lógico que o consumidor vai optar pela empresa que oferece acesso de graça.

UMA COISA É CERTA: a Neutralidade de Rede será o principal motivo para que empresas de internet e telefonia decidam aumentar os preços dos seus pacotes, pois a hegemonia de tráfego impedirá que o mecanismo de Sponsored Data aconteça no Brasil.

Tá vendo como o Marco Civil é uma faca de dois gumes? O mercado publicitário terá que se adaptar de forma radical para agradar as empresas e ao mesmo tempo os usuários. Coisa que é impossível de acontecer.

Where Am I?

You are currently browsing entries tagged with marco civil at Alberto Vargas.