“Por um Twitter menos social media e mais social gente”

abril 23rd, 2012 § 0 comments

Esse tweet do @micaelsilva representa a forma como eu sempre vi o Twitter: uma rede social humanizada ao extremo onde os tweets mais relevantes são aqueles que expõem opiniões, ideias e comentários sobre qualquer coisa. Um grande canal que agrega vários pensamentos divergentes.

Particularmente, nunca fui fã de empresas que usam o Twitter pra divulgar produtos ou promover sorteios do jeito mais batido: “Confira o lançamento da nova linha de qualquer coisa” ou “Dê RT e participe da promoção!”. A grande sacada do Twitter é estimular o usuário a escrever mensagens de até 140 caracteres, que sejam atrativas para despertar o interesse das pessoas em seguir o seu perfil.

Por isso que só tuitar links de notícias, feeds ou posts de blogs não convence ninguém a clicar no botão follow, mas se além dos links o usuário também publicar tweets que exibem a sua personalidade, há mais chances dele ser seguido. Nota mental: não postar muitos links se não vira spam.

Os tuiteiros são fanáticos por informação em tempo real e in loco. Presenciou um acidente no trânsito ou soube que o prédio vizinho está pegando fogo, não pense duas vezes: TUITA! De preferência com foto.

A transformação “por um Twitter menos social media e mais social gente” também acontece com a contribuição de algumas empresas. Principalmente aquelas que apostam na cultura web e na construção de personagens:

Se você não entendeu o contexto do tweet do Pinguim, aqui tem a explicação.

Um fator que me incomoda é essa preocupação com o “horário nobre do Twitter”. Dependendo do público que a empresa quer alcançar, é viável tuitar altas horas da madrugada. Os tuiteiros desse horário são mais sarcásticos e é comum surgir um ~papo cabeça~ na calada da noite.

Apoio os diretores de empresas, consultores de marketing, políticos e demais figuras públicas a entrarem na conversa e soltarem o verbo por meio de seus perfis, porque quem está no Twitter é pra se molhar!

Tagged

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What's this?

You are currently reading “Por um Twitter menos social media e mais social gente” at Alberto Vargas.

meta